sábado, 24 de agosto de 2013

Nossos trabalhos sobre o folclore

Nosso painel com frases de caminhões e personagens do folclore. (ainda não está pronto)
Todas as frases e identificações dos personagens estão em Braille e todas as figuras contornadas em relevo para que a Kelli também tenha acesso ao trabalho dos colegas.
Mula sem cabeça
Iara (sereia)
Boi de mamão

Boto
Saci Pererê
Frases de caminhão: Não sou detetive mas só ando na pista
Frases de caminhão: "Filho é igual pum, cada um só aguenta o seu"
Frases de caminhão: Caminhão todo rosa: "Não sou gay, o caminhão é da mamãe"
Frases de caminhão: "Do Oiapoque ao Chuí eu só paro para fazer xixi"
Frases de caminhão: "Dinheiro não traz felicidade, mas acalma os nervos"
Frases de caminhão: "Se a morte é um descanso, prefiro viver cansado"
Frases de caminhão: "Se ferradura desse sorte, burro não puxava carroça"
Frases de caminhão: "Não me siga, estou perdido"
Frases de caminhão: "Quem ri por último é porque não entendeu a piada"
Frases de caminhão: "Quem tem olho gordo usa colírio dait"
Frases de caminhão: "Preguiça é o hábito de descansar antes de estar cansado"

Kelli já pintou e recortou a mula sem cabeça e agora está pintando o bicho papão
André colorindo o painel para colarmos os trabalhos sobre o folclore.
Amanda, André e Mateus colando os caminhões com as frases no painel
Amanda, André e Mateus colando os caminhões com as frases no painel
Um trabalho em equipe  onde todos se ajudaram desde o momento da pesquisa até a colagem no painel.
Quase todos os caminhões colados, faltando colar as frases em braille para que a Kelli possa conhecer as frases escolhidas pelos colegas.
Eliã colando o Saci no painel.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário :

Postar um comentário