segunda-feira, 30 de junho de 2014

"Quebra-Cabeça Grandão"

Adoro este quebra-cabeça ( e as crianças também rs). As peças são grandes e possuem encaixes geométricos, especias para as crianças. Depois de montado, mede 72 x 50 cm. As crianças adoraram.
Estou tentando fazer com que "esses dois mocinhos" aprendam a trabalhar em equipe :). O quebra cabeça tem sido um excelente recurso. Eles começam montando as partes e num determinado momento precisam juntar o todo para montar o painel.
A seguir, onze imagens mostrando passo a passo,  Lucas e Vinícius montando o quebra-cabeça da Dora.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Letras e Números











Atividades para diferenciar letras e números.
Comprei um pote de letras e números em tamanho grande e junto com as crianças colamos imã adesivo em cada uma delas. Pretendo usar para formar o alfabeto,  palavras, sequencia numérica e pequenas operações de adição e subtração.
Nesta atividade trabalhamos o que é letra e o que é número. Um dos meninos conhece a maioria das letras do alfabeto, porém, ainda encontra dificuldades para identificar e nomear números
Colocamos as letras e números misturados sobre o tapete. As crianças tinham que escolher uma, falar se a letra ou número e fixar no lugar correto do quadro.
A seguir, nove imagens mostrando Lucas e Vinícius realizando a atividade.
Clique aqui para jogar "letras e números" no seu computador.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Jogo das ordens e classes








Hoje trabalhamos com o jogo das ordens e classes (somente a 1ª e 2ª classe). 
Nessa atividade os alunos jogam uma quantidade de pedrinhas (miçangas, feijões...) sobre o tabuleiro. Depois, iniciando pela primeira ordem, contam e registram, na tabela das ordens e classes, a quantidade correspondente e após concluírem o registro fazem a leitura do numeral em voz alta. 
Concluída as cinco rodadas, vão para o computador, montam uma tabela simples e escrevem a leitura de cada numeral.
Com essa atividade os alunos podem realizar composição, decomposição, leitura e escrita de números. 
A seguir, quatro imagens mostrando Eloisa, Julia e Vitória jogando e registrando as quantidades nas tabelas..


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ingrid e Sara trabalhando com o jogo das mãozinhas

Nove imagens mostrando Ingrid e Sara trabalhando adição no computador (jogo math games ) e fazendo uso das  mãozinhas para auxiliar nos cálculos.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Auxiliando Eliã nas tarefas da escola

Eliã é um menino com autismo e um desafio para mim. Ele está no 1º ano e volta e meia a mãe traz o caderninho com alguma atividade da escola para que eu o auxilie.
Eliã resiste a qualquer trabalho com lápis e caderno e adora jogos no computador. O jeito que estou encontrando para trabalhar com ele e auxiliá-lo nas tarefas é através do computador. 
Neste dia, como tarefinha da escola, ele tinha que copiar e ler palavras com GA, GOe GU. Ditei as palavras e Eliã escreveu no Word e escolheu as imagens no clip-art. Depois digitamos as mesmas palavras em um outro quadro com cores escolhidas pelo Aluno e imprimi.
Ele pegou as folhas da impressora, sentou-se, escolheu uma tesoura e recortou as palavras nas linhas, como eu havia pedido. Pedi para ele ler as fichinhas, mas Eliã não quis, então pedi para que colasse as palavras embaixo das imagens, que eu iria fotografar para mostrar para a mãe.
A seguir, dez imagens mostrando Eliã trabalhando.
Eliã, segurando a tesoura com a mão esquerda e cortando as fichas

Nesta imagem a tesoura está na mão direita e está concentrado recortando
a quinta ficha

Colando as fichas sob as imagens gaiola, galo, goiaba, gato, gola e gomo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 14 de junho de 2014

Material para estudar potência

 Fiz este material para trabalhar com meus alunos, da Sala Multifuncional, que estavam com dificuldades em compreender potências. Sei que é um material simples (não sou professora de matemática rsrs), mas foi a maneira que encontrei para fazê-los compreender que 5² é diferente de 5.2, ou seja, que a potência é um produto de fatores iguais. No caso 5² é o mesmo que 5.5
Nos imagens abaixo, estão envelopes feitos de cartolina e "papel" transparente (tipo para retroprojetor). No centro escrevi a base e acima, a direita, escrevi o expoente . Dentro do envelope coloquei cartões, na quantidade representando o expoente (no caso do exemplo, expoente 2, coloquei dois cartões) e no centro de cada cartão escrevi o número que representa a base ( no exemplo, base 5) .
O aluno tira os cartões de dentro do envelope, coloca um do lado do outro e multiplica a base por ela mesma, quantas vezes forem os cartões.

 5²

Dois cartões representando o expoente 2,
 como o número 5 no centro
5² é o mesmo que 5 x 5

7⁴

7⁴ é o mesmo que 7 x 7 x 7 x 7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Daniel e Ricardo


Uma das atividades trabalhadas com Daniel e Ricardo foi o jogo "Descobrindo a palavra". Um material muito legal que compartilhei da colega de grupo Marília Cardoso. Com ele os alunos trabalham as quatro operações de maneira divertida, pois querem descobrir rápido qual palavra está oculta na cartela.

Nas duas primeiras imagens, estão trabalhando cartelas com operações de adição. Nas seis imagens a seguir, estão trabalhando nas cartelas com operações de multiplicação e usando o ábaco de cordão para auxiliar  na tabuada.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PONTO DE VISTA Parte 1

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PONTO DE VISTA parte 2

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 10 de junho de 2014

Aprendendo a amarrar o sapato








Sara (menina de óculos) sempre para mim ou para a Ingrid amarrar o cadarço do seu tênis. Então, como parte das atividades de hoje, trabalhamos com o material "primeiros laços" e Sara depois de algumas tentativas, conseguiu amarrar o cadarço em dois dos tênis do jogo. Para finalizar a atividade e mostrar que tinha aprendido a fazer "laços", ela amarrou o cadarço do seu próprio tênis que estava solto sob supervisão da amiga.
Nas seis imagens a seguir, Ingrid e Sara fazendo laços nos cadarços dos tênis de madeira. Nas três últimas imagens, Sara está com o pé esquerdo sobre a cadeira azul, amarrando o cadarço do seu tênis preto. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Trilha do resto

Vitória e Eloísa jogando TRILHA DO RESTO.
Esse jogo é muito legal pois reforça divisão e multiplicação. De tanto dividir e construir tabuadas, as meninas já conseguiam resolver algumas operações mentalmente. 
A seguir, quatro imagens mostrando eu, Eloísa e Vitória jogando.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Trilha do Resto

Jogo montado
Regras do jogo "Trilha do Resto"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Adaptando cubo mágico para DV

Nove imagens mostrando as adaptações que fizemos no cubo mágico
 para Kelli, nossa aluna DV.
Bruna ajudando a adaptar o cubo mágico para Kelli.
Usamos miçangas, lantejoulas


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Jogo da raiz

Semelhante ao jogo das potências
Os círculos foram plastificados e colados em papel paraná para ficar mais resistente. Os números dos resultados foram colados em prendedores de roupa. 
O aluno resolverá as raízes, achará os resultados  presos nos prendedores de roupas  e fixará na cartela até completar todos os resultados.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Jogo da potência

Me revolta quando ouço que determinado aluno não vai bem em matemática porque é vadio e não estuda. Penso que na maioria das vezes o aluno não compreende o processo e como muitos professores não se preocupam em retomar o assunto, usando outras metodologias para sanar as dúvidas, a dificuldade tende a aumentar ao ponto de a matemática se tornar um verdadeiro terror.
Acredito que o jogo seja a melhor maneira de aproximar o aluno dessa disciplina que tanto apavora. Através do jogo é possível aprender conceitos matemáticos de forma prazerosa e significativa, desenvolver o  raciocínio e estabelecer relações entre o jogo e os conceitos matemáticos, o que facilita a compreensão do conteúdo de forma divertida e prazerosa.
A seguir oito círculos que preparamos para estudar potências e duas cartelas coloridas com os resultados.
Eu plastifiquei com contact e colei os materiais em papel paraná para ficar mais resistente. Os números coloridos recortei e colei em prendedores de roupa. O aluno pegará um círculo, resolverá suas potências, achará os resultados até completar totalmente sua cartela.
  


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Criando com pedrinhas de vidro

 Hoje, para encerrar as atividades e relaxar um pouco, fomos "brincar" de criar desenhos com pedinhas de vidro (dessas usadas para decoração). Olhem que gracinha as criações do Eduardo.
Nessa imagem Dudu fez um fusca

Decidiu fazer um boneco e começou a montar a cabeça

A cabeça está pronta. Olhos azuis, nariz verde e boca cinza
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 1 de junho de 2014

Atividades realizadas com Laura














Consegui registrar algumas atividades feitas com a Laura na Sala Multifuncional.
Laura tem Deficiência visual Cortical,  DI e não são todos os dias que ela está disposta a colaborar nas atividades. rs Neste dia (29/05) ela chegou super disposta e falante. Contou alguns fatos que aconteceu em casa e riu muito imitando a vó brigando com ela. (deve ter aprontado alguma arte rs)
Aproveitando sua disposição continuamos o trabalho com formas geométricas, identificando e pareando quadrados e os círculos ( blocos lógicos).
Depois trabalhamos com o desenho do quadrado e do círculo na folha A4. Usei bordas largas e pretas para contrastar com o branco da folha e contornei com cola quente, para que Laura sentisse o relevo e pintasse as figuras respeitando os limites dos desenhos.

Nas três primeiras imagens, Laura está sentada em frente a uma mesa escolar, forrada com contact preto, que vira plano inclinado. A sua frente uma folha tamanho A4, como o nome LAURA em caixa alta. Logo abaixo a figura de um quadrado e de um círculo. Nome e figura estão contornados com cola quente.

 

 Nas duas imagens a seguir, Laura está de pé, em frente ao quadro branco, apagando vários círculos que ela mesma desenhou.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CAMINHANDO JUNTOS - ORIENTAÇÃO E MOBILIDADE.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Dicas para estimulação visual

Pesquisando pela net atividades para estimulação de crianças com déficit visual cortical, encontrei o blog  SOBRE A DEFICIÊNCIA VISUAL com matérias excelentes. Não deixem de visitar.
A seguir algumas sugestões, de atividades para estimulação visual, encontradas no blog 

MATERIAL:
1. Sala de aula / Sala de atendimento / ambiente iluminado
2. Luzes (natural e artificial)
3. Recursos em branco e preto e/ou contrastantes


OBJETIVO:
Com a realização desta atividade a criança será capaz de perceber, tomar consciência e buscar a fonte luminosa e/ou contraste.

ATIVIDADE 1 – COM LUZ SOLAR OU LUZ AMBIENTE
Utilizam-se contrastes entre obscuridade e claridade:
a) Fechar e abrir a janela, fazendo com que a criança perceba que a luz do sol lhe chega até os olhos;
b) Com ajuda do espelho, fazer com que a luz solar se reflita no rosto da criança;

ATIVIDADE 2 – COM LUZ ARTIFICIAL DA LANTERNA
a) Fazer jogos de luzes, focando o rosto da criança com movimentos horizontais e verticais (lentamente, partindo sempre do centro para fora), motivando a busca, ou no nível ocular ou manipulativo (se sua motricidade o permite).
b) Para motivá-la a permanecer olhando para a luz da lanterna, você poderá acrescentar focos intermitentes (apagando e acendendo a lanterna com pequenos intervalos) utilizando filtros (pode ser papel acetato ou celofane colorido) ou lâmpadas coloridas.
c) Utilizar a luz natural ou artificial através de objetos brilhantes: colocar os objetos brilhantes na entrada da luz solar, girando-os para que possam refletir mais a luz e favorecer uma melhor visualização para a criança.

ATIVIDADE 3 - OBJETOS DE CORES INTENSAS E CONTRASTANTES
Apresentar os objectos aproximando-os dos olhos da criança, estimulando-a a pegar e manuseá-lo, para que, posteriormente, a criança seja capaz de captar a presença de um objecto, reconhecê-lo e/ou identificá-lo (mesmo que parcialmente).

Observação:
  1. A tonalidade cromática do objecto deverá contrastar com o fundo ambiental ou se o objecto tiver mais de uma cor, sua combinação precisa ser diferenciada.
  2. Manter repetidos contatos visuais com os estímulos apresentados, tanto em forma estática como em movimento, respeitando o campo visual da criança e a distância a qual possa perceber o objecto.
  3. Nos casos onde exista maior visão em um olho, apresentaremos os estímulos no campo visual dominante.
  4. Realizar seguimento do objecto em movimento horizontal, vertical, diagonal e circular (sempre iniciando com pequenas pausas na parte central).
  5. Localizar o objecto, assinalar ou indicar de onde está ou pegá-lo é fundamental para organização cognitiva da criança.
  6. Discriminar entre dois ou mais objetos facilita associar, pode optar e fazer demandas, naquelas crianças com graves dificuldades na expressão verbal.
DESENVOLVIMENTO DE CAPACIDADES/FUNÇÕES PERCEPTIVO-VISUAIS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...